História

A criação da Funesa, assim como outras fundações, ocorreu dentro da perspectiva de Reforma Sanitária e gerencial implementada em Sergipe e sob a ótica de que administração pública direta sozinha não consegue dar as respostas que o sistema de saúde precisa. Por isso, foi buscada uma alternativa dentro do próprio Estado para tornar a administração dos serviços de saúde sob o controle da Secretaria de Estado da Saúde (SES) menos burocrática e mais ágil.
As fundações reúnem o controle e transparência do setor público e a agilidade e eficiência do privado. E é com esse espírito que a Funesa foi criada. Esse novo desenho institucional rege-se pelo direito privado, mas com finalidades públicas, sem fins lucrativos, o que lhe confere a necessária autonomia administrativa, financeira e de gestão para melhor atender ao usuário do SUS.

A Fundação Estadual de Saúde tem por finalidade prestar serviços de saúde de atenção básica, de promoção, prevenção e proteção da saúde coletiva e individual, de formação profissional e educação permanente na área de saúde pública. Também está incluído nessa cartela de serviços o gerenciamento dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) e das Farmácias Populares. Além disso, a Funesa desenvolve ações voltadas para o combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus.

Educação

Quanto às ações educacionais, elas englobam as atividades de educação permanente, educação profissional, pós-graduação e elaboração de material didático, conforme estabelecido no contrato assinado entre a Funesa e a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Na área de educação profissional, a Escola Técnica do Sistema Único de Saúde (ETSUS) desenvolve cursos de formação inicial em Agente Comunitário em Saúde, Técnico em Saúde Bucal, Técnico em Vigilância em Saúde e Técnico em Enfermagem.

Na área de pós-graduação, especialização na área de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde em parceria com o Ministério da Saúde e Universidade Federal de Sergipe (UFS). Além disso, existem projetos na área de Residência Médica, sendo o aperfeiçoamento dos já existentes na área de Pediatria, Clínica Médica e Cirurgia Geral e abertura de novos programas em Psiquiatria e Atenção Psicossocial e Intensivista. Além destas ações, a Pós-graduação executa aprimoramento em Odontologia Integrada destinado aos cirurgiões-dentistas do quadro da SES e do governo do estado que aderiram à Funesa.