Funesa e SES dialogam com Fiocruz Brasília para firmar agenda de estratégias de ciência, tecnologia e inovação

postado em: Notícias | 0

Em agenda realizada em Brasília (DF) na quinta-feira, 09, a Fundação Estadual de Saúde (Funesa) e a Secretaria Estadual de Saúde (SES), reuniram-se com a Fundação Oswaldo Cruz – Brasília (Fiocruz Brasília), a fim de estabelecer parceria para o avanço da Funesa, através de estratégias de ciência, tecnologia e inovação. A ideia é abrir possibilidades para a Fundação, que tem a missão de fortalecer o SUS (Sistema Único de Saúde), por meio de processos que dialogam com a execução das ações educacionais, serviços e, principalmente, com a perspectiva tecnológica do Telessaúde, pesquisa e inovação para o SUS.

Na oportunidade, uma agenda de possibilidades foi firmada com o propósito de fortalecimento das potencialidades da Funesa para o desenvolvimento científico, tecnológico e inovador. Para o coordenador de Integração Estratégica e coordenador do Colaboratório CTS da Fiocruz Brasília, Wagner Martins, o diálogo foi bem-sucedido. “Nós tivemos uma boa conexão e definimos uma agenda bastante interessante. A Fiocruz tem expertise nesse campo de atuação. São muitos anos trabalhando com o Marco de Ciência e Tecnologia (Lei 13.243/2016), que viabiliza um apoio importante para que a gente possa, junto com a Funesa, organizar uma área que faça pesquisa em saúde pública, tecnológica, e gere inovação. Principalmente no âmbito da transformação digital do SUS”, ressaltou.

No registro, a diretora operacional e diretora geral da Funesa, Daniele Travassos e Lavínia Aragão, respectivamente

A agenda dialoga com o momento que a Funesa vivencia, de ser uma referência, segundo explicou a diretora geral da Funesa, Lavínia Aragão, que participou da reunião acompanhada da diretora operacional da Funesa, Daniele Travassos. “Ficamos muito felizes com essa agenda de aproximação com a Fiocruz Brasília, com a receptividade que tivemos, e com as grandes possibilidades de parceria a ser celebrada entre a Fiocruz Brasília e o Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Saúde e da Funesa, com vistas ao constante fortalecimento do SUS, por meio de novas possibilidades de financiamento e buscas de tecnologias aplicadas à ciência e inovação”.

Ainda de acordo com Lavínia é fundamental contar com toda a expertise e know-how da Fiocruz para apoiar a Fundação nesse processo de fortalecimento, de reconhecimento da Funesa como instituição de ciência, tecnologia e inovação para o SUS. “É um momento que a Funesa vivencia a ampliação do seu escopo de atuação”, afirmou a diretora geral.

Representante da SES na reunião, o diretor de Atenção Primária à Saúde/SES, João Paulo Brito, informou que a articulação da agenda de cooperação entre a Fiocruz Brasília e a Funesa é um importante movimento para potencializar as atividades da Fundação. “Essa parceria proporciona um intercâmbio de conhecimentos e expertises que, com certeza, ajudará muito no desenvolvimento do SUS no estado de Sergipe”, pontuou.

Atualizado: