ITPS recebe alunos do Curso Técnico em Vigilância em Saúde da ESP-SE/Funesa

postado em: Notícias | 0

Os alunos visitaram o Museu da Química e também os laboratórios de Química de Água, Bromatologia e Microbiologia

O Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS) recebeu, na última quinta-feira, 30, alunos do Curso Técnico em Vigilância em Saúde da Escola de Saúde Pública de Sergipe (ESP/SE), gerida pela Fundação Estadual de Saúde (Funesa).

A visita foi iniciada com apresentação da diretora técnica, Lúcia Calumby, que falou sobre o Instituto e as suas atividades nas áreas de análises laboratoriais, pesquisas e metrologia. Também houve apresentação da coordenadora do Laboratório de Microbiologia, Rejane Batista, que falou sobre as análises microbiológicas em água e alimentos e o papel do ITPS na formação de novos pesquisadores. O ciclo de apresentações foi encerrado com a coordenadora do Laboratório de Bromatologia, Karina Leão, que detalhou as análises físico químicas em alimentos e o atendimento à legislação do Ministério da Saúde.

Os alunos também visitaram o Centro de Memória da Ciência e da Tecnologia em Sergipe (CMCTS), museu instalado na sede do ITPS, que narra a trajetória da ciência e tecnologia em Sergipe, e também os laboratórios de Química de Água, Bromatologia e Microbiologia. “Esse é um momento extremamente importante, pois oportuniza que os alunos conheçam, por meio de visita guiada, o ITPS, suas atividades e suas instalações. Também é uma nova oportunidade para que ITPS e Funesa troquem experiências e alinhem possíveis parcerias em benefício da saúde pública”, comentou diretora técnica do ITPS, Lúcia Calumby.

O aluno Flamarion Cardoso contou que a experiência no ITPS foi importante para sua formação como técnico em vigilância em saúde. “A visita ao Instituto foi muito gratificante e importante para mim enquanto estudante e técnico em vigilância em saúde. Vejo sempre a teoria em sala de aula e aqui vivenciei, na prática, como é feitas a análise da água e a análise de alimentos”, disse.

“Estou muito feliz pela oportunidade de visitar o ITPS e conhecer de perto sua história e sua evolução durante os 98 anos de existência, bem como as atividades laboratoriais, especialmente de água e alimentos, que sempre tive interesse em saber como eram realizadas. Compreendi também o envolvimento da tecnologia, da química e microbiologia em todo processo. Destaco a importância da instituição para os estudantes e para toda a sociedade”, contou a aluna Marcela Santos Oliveira.

Fonte: Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS)

 

 

 

 

Atualizado: