SES e Funesa abrem credenciamento de profissionais para atuar nas Carretas Itinerantes de Saúde do Homem e da Mulher

postado em: Notícias | 0

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), por meio da Coordenação de Promoção e Prevenção à Saúde (Copps), abriu as inscrições para o credenciamento de profissionais de saúde para atuar nas ações das Carretas Itinerantes da Saúde da Mulher e do Homem, por meio do Edital de Credenciamento 01/2019, que consta neste site, na página ‘Editais de Credenciamento‘. O processo envolve cadastro para a área médica – nas especialidades de Cardiologia, Clínica Geral, Urologia, Ginecologia, Mastologia, Radiologia e Ultrassonografia –, além de enfermeiro(a), técnico(a) em enfermagem e técnico(a) em laboratório.

Para realizar as inscrições, os interessados devem preencher os requisitos por meio dos arquivos Anexo I e Anexo II, de acordo com as exigências do edital. O credenciamento visa atender ao serviço “Saúde Já: Carreta Itinerante da Saúde do Homem e da Mulher”, que tem a finalidade de ofertar ações de saúde de forma itinerante, com foco assistencial na prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo uterino na mulher; e doenças cardiológicas, urológicas e dermatológicas no homem, prestando atendimento de baixa e média complexidade, possibilitando acesso de consultas médicas especializadas, atendimento de enfermagem, exames laboratoriais, procedimentos com propósito de diagnóstico e ações educativas.

Segundo a coordenadora de Promoção e Prevenção à Saúde da Funesa, Sandra Ribeiro, o credenciamento vale por tempo indeterminado. O profissional que se interessar em trabalhar nas Carretas Itinerantes, que esteja dentro dos perfis especificados no Edital, pode fazer esse credenciamento em qualquer tempo. “O trabalho será em regime de rodízio. Então, o profissional que atuar agora, em um determinado número de ações especificadas no edital, pode voltar a trabalhar em outro momento. Fazemos a avaliação e seleção dos currículos enviados e, o que estiver dentro do que preconiza o Edital, já fará parte do nosso cadastro”, explica.

Daniele Travassos, diretora operacional da Funesa, observa que a Secretaria de Estado da Saúde, juntamente com a Funesa, está em fase de planejamento dessa ação, para que, em breve, haja uma previsão de início do serviço. “A expectativa é que esses profissionais se credenciem para que possamos contemplar os cidadãos sergipanos com todos os serviços que a carreta pode ofertar”.